Avançar para o conteúdo principal

Faça as contas como deve de ser


Os melhores vendedores fazem sempre as contas com uma calculadora. Por muita confiança que tenham nas suas capacidades  matemáticas, utilizam sempre uma máquina.

Você tem de saber as fórmulas e valores para poder fornecer rapidamente qualquer informação numérica que o seu potencial cliente possa solicitar. Um potencial cliente que o veja inserir os números na calculadora com toda a energia, ou que coloque pessoalmente os números e ir os mostrando e explicando, não irá duvidar desses números. Mas, se começar a fazer "gatafunhos e rabiscos" num papel, o potencial cliente se irá sentir desconfortável por estar ali sentado a olhar para si, a vê-lo brincar com os números. Pior, mesmo será se os fizer de cabeça (pode pensar que está a transmitir inteligência, mas mais uma vez a vedeta é o seu cliente e não você), será natural o efeito ser o inverso e ao ver a fazer as contas de cabeça o potencial cliente irá ficar desconfiado, com certeza. Ele não irá mais o ouvir, porque enquanto você fala, ele estará a tentar fazer as contas também de cabeça, para ver se você não se enganou.

Se não utilizar a calculadora, irá passar a imagem que é despreocupado com os números e parte sensivel como é numa venda, irá levar o potencial cliente a pensar que é despreocupado, em tudo. Nesta fase da venda, se já aqui chegou, não deve de fazer nada que coloque dúvidas na cabeça do potencial cliente. O objectivo é fazer com que se concentre nas contas que são necessárias fazer e explicar claramente, enquanto mostra realmente como o potencial cliente pode pagar ou poupar com o produto e/ou serviço.

Mensagens populares deste blogue

eBook - Mercator XXI - Teoria E Pratica Do Marketing

eBook - Mercator XXI - Teoria E Prática Do Marketing  Obra de referência para profissionais e estudantes. Os temas são realmente aplicados à realidade empresarial. Uma obra quase que obrigatória a todos os que querem aprender ou evoluir no seu trabalho ou nos estudos. Download online e pago em PDF ou TXT, em: http://pt.scribd.com/doc/95494881/livro-mercator#scribd Também lhe pode interessar Download gratuito - Livro em PDF - Clique Aqui Quase 40 anos depois, na 12a edição, ele continua a surtir o mesmo efeito - tópicos como marketing holístico, brand equity e marketing experimental prometem fazer com que as pessoas invistam em uma perspectiva mais ampla e integrada do marketing.  É exatamente essa capacidade de antecipar tendências que faz de Administração de marketing o livro de referência da área em todo o mundo. De fato, ao conseguir se manter sempre atualizado, acompanhando as mudanças no mercado e adaptando-se a elas, esta obra exerce uma das p

O que é marketing de massas?

O que é marketing de massas? marketing one-to-one? marketing segmentado? marketing concentrado? Marketing de massas  Consiste em ignorar as diferenças existentes entre os consumidores, direccionando a acção para o conceito de consumidor médio, procurando uma política indiferenciada. Consiste em oferecer o mesmo produto, ao mesmo preço, com a mesma promessa e nos mesmos locais a todos os consumidores. Marketing one-to-one Toma em consideração as particularidades de cada indivíduo que compõe o mercado, direccionando a sua acção para uma actuação por medida. Marketing segmentado Consiste em dividir o mercado num número reduzido de subconjuntos, denominados segmentos, devendo cada segmento ser suficientemente homogéneo a nível de comportamentos, motivações, necessidades, etc. Os segmentos devem ser suficientemente diferentes uns dos outros de forma a justificarem a adoção de políticas de marketing distintas. Marketing concentrado Designa as estratégias de segmen

Valor, satisfação e qualidade

Os consumidores tomam as suas decisões de compra, baseadas nas percepções que fazem do valor dos diversos produtos e serviços disponíveis no mercado. Assim, o valor que o cliente dá ao produto ( consumer value ), deve ser entendido como a diferença entre o valor que o cliente ganha por ter e usar o produto e o custo de o obter. Os consumidores não julgam o valor e o custo dos produtos objectivamente, eles actuam de acordo com o valor percebido . A satisfação do consumidor depende da performance percebida do produto, relativamente à entrega de valor relativo face às expectativas do comprador. (consumidores satisfeitos tendem a repetir a compra e a dizer aos outros a boa experiência que tiveram com o produto). A satisfação do cliente está intimamente ligada à qualidade. Muitas empresas apostam consequentemente numa gestão total de qualidade, desenhando constantemente melhorias na qualidade dos seus produtos, serviços e processos de marketing. A qualidade começa com a nec