sexta-feira, 30 de outubro de 2015

A sua newsletter nunca mais vai para o spam

7 dicas para evitar que a sua newsletter caia na pasta de spam dos clientes!

Os filtros de spam são óptimos para evitar correio que nunca pedimos. Mas quando queremos enviar uma newsletter aos nossos clientes, esses filtros podem ser um obstáculo, pois por vezes marcam incorrectamente a nossa newsletter como spam. Não existe fórmula mágica para evitar que isso aconteça (pois cada filtro tem a sua própria configuração), mas aqui estão 7 dicas para minimizar o problema.

Várias destas dicas aplicam-se melhor (ou até automaticamente) com a ajuda de um sistema de email marketing. Pessoalmente, uso a plataforma E-goi, que está muito completa, é em português e tem conta de testes gratuita.


1) Não envie mensagens que os seus clientes não pediram
Esta é a razão número um para os seus emails caírem no spam. O facto de serem seus clientes ou contactos não implica que todos tenham dado autorização explícita para receber a sua newsletter. Se a enviar sem a permissão deles, pode ter a certeza de que vão clicar no botão "spam". E quando isso acontece, os ISP (Gmail, Hotmail, Yahoo, etc.) tendem a bloquear a sua newsletter para todas as outras pessoas. Pior ainda, podem queixar-se a instituições anti-spam e colocar o seu domínio numa lista negra!

Por isso, assegure-se de que tem no seu site um formulário double opt-in de inscrição na newsletter (eu criei um automaticamente para o meu site com o E-goi) e inclua na ficha de inscrição de clientes da sua loja física um visto para também receberem a newsletter. Depois, envie sempre as suas comunicações só a estas pessoas!


2) Envie conteúdo que seja interessante e pertinente para os seus clientes
Mesmo quando você lança a newsletter só a quem pediu expressamente para a receber, os ISP estão sempre atentos ao interesse que as suas comunicações geram nas pessoas. Se elas não abrirem e clicarem na newsletter,  os ISP podem filtrá-la para o spam nos próximos envios.

Chama-se a isto "reactividade" (engagement) e é uma das estatísticas mais importantes para o sucesso do seu email marketing! Por isso, tente sempre criar conteúdos que sejam realmente interessantes e úteis para os seus clientes e que os incentivem a abrir e clicar. Pode usar o E-goi para medir os resultados.


3) Limpe a sua lista de distribuição
Sempre que você enviar a sua newsletter para emails desactivados ou inválidos (um comportamento típico dos spammers) os ISP podem penalizá-lo e bloquear futuros envios. Portanto, é fundamental remover da lista todos os endereços que já não estejam a ser usados (os chamados bounces).

Se não quiser removê-los à mão, uma plataforma de email marketing como o E-goi faz a limpeza de soft bounces e hard bounces automaticamente e também insere um link onde as pessoas podem clicar caso se queiram remover imediatamente da lista. Quanto mais limpa a sua lista, mais reactiva e bem comportada ela se apresenta perante os ISP e melhor será a taxa de entrega directa no inbox.


4) Não envie conteúdo que se confunda com spam
Antes de lançar a sua newsletter, confirme que ela não vai fazer disparar logo todos os filtros de spam! Embora cada filtro tenha as suas próprias regras, há algumas normas gerais a seguir.
  • Não envie newsletters compostas só por imagens (tem de haver um equilíbrio entre texto HTML e imagens)
  • Use código HTML bem formatado (ex. não crie o HTML da news no Word ou no Photoshop :)
  • Prepare sempre uma versão alternativa do email em texto simples
Para verificar estes pontos, também pode passar a sua newsletter pelo relatório anti-spam do E-goi, que não só cria automaticamente a versão em texto simples, como analisa todo o conteúdo e dá uma pontuação e dicas para melhorar o resultado.


5) Certifique os seus remetentes e servidores de e-mail
Uma das coisas a que os ISP estão mais atentos é a reputação do servidor através do qual você envia a newsletter. Para ter uma reputação credível, é fundamental autenticar o seu servidor com as principais certificações de e-mail (SPF, SenderID, DKIM e DomainKeys). Este processo deve ser feito pelos responsáveis técnicos do seu servidor.

Se optar por usar um serviço de email marketing como o E-goi, o trabalho fica bastante mais facilitado, pois não só já inclui servidores certificados como disponibiliza todos os dados necessários para que os seus responsáveis técnicos configurem o seu servidor correctamente.


6) Atenção à frequência dos envios
Mesmo que as pessoas queiram receber a sua newsletter, podem achar excessivo se for todos os dias e marcá-la como spam. Por outro lado, se faz envios menos regulares (ex. mensalmente), elas podem já se ter esquecido de si e considerar que é spam.

Tem uma newsletter diária? Dê às pessoas a possibilidade de a receberem com menos frequência. Envia-a esporadicamente? Inclua sempre uma referência relembrando à pessoa o motivo pelo qual está a receber o email e a data em que se inscreveu na newsletter (o E-goi pode inserir automaticamente quer a opção da frequência de envios quer o motivo e data da inscrição).


7) Na própria newsletter, peça às pessoas para adicionar o seu remetente à lista de endereços seguros
Mesmo seguindo todas as dicas acima, há sempre a possibilidade de alguns filtros demasiado agressivos meterem a sua newsletter no spam. Para tentar tornear este problema, insira sempre uma frase num sítio bem visível do email (ex. logo no cimo) pedindo às pessoas para adicionarem o seu remetente à lista de endereços seguros.

Desta forma, mesmo que elas vejam que a newsletter foi incorrectamente para o spam, têm logo uma forma fácil de prevenir que isso volte a acontecer.

Paulo Gomes - MktVendas


Também pode gostar
Entrevista á Ideias & Desafios
Conseguir mais clientes - Ofereça presentes
Aprender a vender - A emoção e o sentido das coisas

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Serviço pós-venda? Nunca os ouvi falar



Todos sabem que é mais fácil manter um cliente do que adquirir um novo. Então pergunto porque razão de forma generalizada, quando vendemos, está vendido e vamos à procura de um novo cliente sem nada fazermos para fidelizar a quem já vendemos?

Um bom serviço pós-venda é uma forma mais barata de manter uma carteira de clientes ativa e de gerar novos contatos muito fortes. Quando um potencial cliente chega referenciado por um cliente satisfeito, uma grande parte da dificuldade do processo de venda, já foi ultrapassado.


Pense e responda para si
1- Concordo que é vital o serviço pós-venda.
2 – Não tenho uma estratégia delineada neste serviço.
3 – O que me impede de a fazer e implementar?
4 – Porque razão estou a perder clientes?
5 – Já não devia estar a ler este artigo e devia sim, estar desde já a delinear uma estratégia?

Provavelmente, já está a pensar ou enviar um email aos colaboradores a perguntar, porque não existe na sua empresa um serviço pós-venda, funcional, estratégico e em pleno funcionamento.

Para terminar e para quem gosta de números
47% dos colaboradores das empresas (estudo em Portugal e Brasil) deram notas inferiores a 5 (numa escala de 0 a 10) para a atenção que as suas empresas dão ao pós-venda.

Mais de 80% disseram não ter metas claras em relação a este serviço.

74% não têm um processo claro e bem definido para contatar e/ou atrair de maneira efetiva clientes que já compraram anteriormente.

Necessita de ajuda?
Paulo Gomes - MktVendas

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Livro - Grandes Teorias de Gestão



89 teorias dos melhores pensadores de Gestão – o caminho mais rápido, focado e claro para o sucesso.

Como gestor muito ocupado, o leitor precisa de soluções para os problemas quotidianos, rapidamente. O Pequeno Livro das Grandes Teorias de Gestão... e de como usá-las dá-lhe acesso às melhores teorias e modelos, que todos os gestores devem conhecer e ser capazes de usar.

Passando por cima da conversa fiada e dos fenómenos de moda, James McGrath e Bob Bates concentram-se nas teorias que interessam realmente aos gestores no seu dia-a-dia. Em cada teoria apresentada neste livro, encontra uma descrição do que é, de como usá-la e as perguntas que deve fazer – pelo que pode, de forma imediata, aplicar este novo conhecimento no mundo real.

O Pequeno Livro das Grandes Teorias de Gestão... e de como usá-las 
Autores: James McGrath, Bob Bates 
Págs.: 284 

Comprar online (encomendo e recebo sempre os livros de forma rápida - Recomendo muito).

www.centroatlantico.pt

Porque ninguém lê aquilo que escreve



Muitas vezes vejo empresas a gastar imenso dinheiro e recursos na estratégia de marketing de conteúdos. Depositam grandes esperanças em aumentar o tráfego do site e claro aumentar assim o reconhecimento da marca e vender mais.

Mas, na sua larga maioria as empresas dedicam-se a publicar conteúdo no blog, enviar uma newsletter semanal e “ir” atualizando as redes sociais, tudo isto sem uma estratégia clara e definida, vão fazendo o “que se lembram nessa semana”.

Mas isto, leva a uma dificuldade: Ninguém lê, aquilo que escrevem e quando se investe enormes quantidades de tempo e recursos em marketing de conteúdos, desta forma, não recebe aquilo que pensa merecer. Esta é uma das principais preocupações que partilham comigo e é transversal a muitas empresas.

Ok, mas até aqui nada de novo escrevi e em nada ajudei a melhorar. Então vamos colocar as mãos na massa e fazer pão, que todos queiram comprar.

O Seu Conteúdo tem uma única direção?
Veja este post que estou a escrever, publico neste blog desde 2008 e podia muito bem, ir buscar um artigo mais antigo, dar-lhe “uns pequenos toques” e assim publicava um artigo em 3 minutos, sem pensar no que estava a escrever e podia querer acreditar erradamente: Assim quem me visita pensa que tenho o blog atualizado constantemente.

Mas eu sei que ao estar a ler este post, quer saber coisas novas, está à procura de ideias que nunca as tenha lido. Os leitores deste blog, são pessoas experientes e ocupadas de mais, para estarem a ler “coisas” repetidas, sem sentido, sem acrescentar valor e que justifique os seus 3 a 4 minutos de leitura.

Então deve fazer na sua empresa o que eu penso antes de escrever
1 – O que posso dar de novo aos leitores?
2 – Que conhecimentos ou experiências posso aproveitar para escrever um artigo original?
3 – O que os meus leitores andam à procura?
4 – O que vou escrever é mesmo sobre o meu mercado, ou estou a fugir para outros assuntos?
5 – Pelo sim, pelo não, vou pesquisar sobre o que vou escrever para saber a oferta que existe sobre esse conteúdo.

O meu blog vs Os outros 
Existem blogs sobre tudo e é natural que tem de acompanhar o que de bem já se faz. Deve olhar para os seus concorrentes e analisar o que está acontecendo. Se o seu blog for por exemplo sobre comida ou moda, irá encontrar milhares de blogs, muitos deles já bem estabelecidos e com milhares de visitantes diários, e neste caso, o que faz?

Recomendo que antes de tudo, responda a si próprio
1 – Qual o caminho que pretendo.
2 – Será melhor, em vez de tentar competir, encontrar um sub-tema dentro do tema, me especializar e com isso me diferenciar dos demais?

Sim, irá ser sobre uma tema menor, mas irá oferecer diferenciação sobre esse tema e consequentemente, com o aumento de seguidores, pode ir introduzindo outros.

Resumindo: Marketing de conteúdos não se trata do que gosta, do que lhe vem à cabeça fazer...Originalidade diferenciada.

Boa semana e bons conteúdos...
Paulo Gomes

Também pode gostar
Quando a perda de um cliente se torna em lucro
Chefias de Vendas - Preocupe-se com os seus vendedores
Cliente não compra porque é caro?
Aprender a vender

domingo, 11 de outubro de 2015

Os 5 melhores sites para profissionais de vendas


Todos os profissionais, estudantes ou quem apenas partilho o gosto pelo fantástico mundo das vendas, procura sempre as melhores referências. Provavelmente já conhece os sites que vou indicar, se não os conhece, quase de certo que irá os colocar nos seus favoritos, como já colocou este blog, provavelmente.

Eu como me alimento de informação, regularmente consulto vários sites, de vários países. Hoje vou indicar alguns que utilizo como fonte de informação e como referência, até para escrever, como blogger, por vezes é fundamental procurar inspiração. 


Toastmasters Internacional
Uma das melhores formas de melhorar as suas competências comunicativas. A toastmasters irá o ajudar a perder o receio de falar em público e a conseguir aumentar o nível das suas qualidades para ter mais sucesso. Se já tem essa capacidade, é o local ideal para as melhorar. 
www.toastmasters.org

Corpedia Education

De visita obrigatória se precisar de formação relacionada com o mundo empresarial. Tem disponíveis cursos de gurus, como o Peter Drucker ou Tom Peters, por exemplo. Esta site é uma enciclopédia empresarial, tendo alguma da melhor informação que conseguimos encontrar.
www.corpedia.com

Selling Power
Site de uma das melhores publicações periódicas para vendedores a nível mundial. Newsletter excelente, muito útil. Mantenha vantagem para os seus concorrentes, ao tomar conhecimento do que melhor se faz.
www.sellingpower.com

Salesforce.com

Um dos melhores programas de gestão de contatos online. Fácil de utilizar, simplifica a partilha de informações por toda a empresa. 
www.salesforce.com

Administradores.com

É o principal e maior canal on-line voltado à área de Administração e Negócios na América Latina. Um site dinâmico, interativo e conectado a tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Enquanto plataforma de networking e compartilhamento de conhecimentos, reúne administradores, professores e estudantes de Administração, além de empresários, executivos e outros profissionais da área.  
www.administradores.com.br

Espero que vos seja útil esta informação e claro, coloquem também este blog MktVendas nos vossos favoritos...Obrigado e boas vendas...

Leia também
Ter uma loja online de sucesso
Marketing da adivinha
6 passos para ter sucesso nas vendas online
Aprender a vender


Paulo Gomes - Blogger