terça-feira, 13 de maio de 2014

Confiar nos instintos também é necessário


Confiar nos instintos em vendas?
Os instintos de venda (normalmente exprimidos pela nossa voz interior que nos dizem o que está certo ou errado, numa venda) desenvolvemos apenas e só com a prática e experiência. Todas as pessoas tem esses instintos, mas em algumas pessoas estão mais desenvolvidos.

Para começar a utilizar esses instintos e os desenvolver, oiça atentamente as objecções dos potenciais clientes e coloque genuinamente as necessidades deles à frente das suas. Depois e apenas depois, pode confiar nos seus próprios instintos.

Se não conseguir dizer honestamente que as necessidades do potencial cliente vêm antes das suas, está a colocar os seus próprios desejos à frente daquilo que sabe instintivamente ser melhor para o cliente (o seu egocentrismo acabará por transparecer).

Os seus potenciais clientes verão os cifrões nos seus olhos e não irão confiar em si. E, sejamos sinceros, porque iriam eles confiarem em alguém que só pensa em si mesmo?

Para Memorizar
Se eu num processo de vendas, apenas pensar em mim, estou condenado ao fracasso. A venda é um namoro, não é apenas para um dia, que queremos a relação. É para ser feliz hoje, e muito mais no futuro. Pense nos seus potenciais clientes hoje, para eles pensarem em si amanhã.