terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Dicas grátis para vender mais - Lidar com as interrupções



Deve reservar sempre uma parte do dia para trabalhar com outras pessoas, apoiar os seus colegas ou ajudar a resolver dificuldades na empresa. Mas é importante reservar igualmente algum tempo para si, tanto no trabalho como na vida pessoal. Este tempo que dedica a si próprio pode ser para cuidar da sua saúde física e/ou emocional.

Durante o tempo de trabalho que desenvolve sozinho, se alguém lhe perguntar “Podes me ouvir durante minuto ou dois?” aprenda a responder: “ Agora não posso, pode ser às 12h00?”.

Nessa altura, na maioria das vezes as pessoas já terão resolvido a dificuldade ou terão percebido, que afinal a situação é um assunto não prioritário e que pode aguardar para depois.

Conselhos básicos para lidar com as interrupções com sucesso

Tenha a sua secretária dentro do gabinete do lado que quem passar no corredor não o consiga ver. Se não o(a) virem não se corre o “perigo” de estarem constantemente a parar para “dois dedos” de conversa.

Cadeiras dentro do escritório, só as estritamente necessárias e longe da sua secretária. Acabe com a tentação de alguém em se sentar para estar a conversar consigo.

Relógio gigante.
Quanto maior for o relógio e num local que fique exposto directamente às suas “visitas” mais ajuda a determinar o tempo que lhe estão a ocupar.

Alguém entrou no seu escritório? Nunca levante o olhar.
Eu concordo que este conselho é muito difícil de interiorizar e o fazermos de forma natural, mas pense por 1 minuto. Se alguém entrar e voce nem olhar, vai dar a entender de imediato que voce está extremamente ocupado e se a possível interrupção não for importante, a maioria das pessoas acabará por se afastar. 

É importante que realize o seu trabalho com eficiência e que não deixe o seu rendimento baixar e estar constantemente a ser interrompido irá afectar o seu trabalho negativamente.

Ao colocar estas práticas em acção, não está a ser indelicado para os seus colegas, apenas está a promover a eficiência do seu trabalho e com o tempo a contagiar todos os outros a fazer o mesmo.

Para começar a minimizar as interrupções faça o seguinte:
Anote, quem o interrompeu, quanto tempo demorou, o que pode fazer para solucionar a dificuldade que originou a que fosse interrompido (formação, delegação de tarefas, etc...)

É claro que irão surgir sempre dificuldades em que terá de interromper as suas tarefas e ir resolver outras situações, e existem algumas dificuldades que irão necessitar mesmo da sua intervenção com urgência, é normal. Mas, ao minimizar estas situações mais do dia a dia, ficará surpreendido com a quantidade de tempo que poupa...O tempo passa e não volta...

A lembrar
Lembre-se que tem sempre o coffe-breack para dar “os dois dedos de conversa”.

Artigos relacionados: