sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Saber Mais - Gestão de stocks

Gestão de stocks

Stock é um termo habitualmente utilizado, em economia, para designar as matérias-primas ou os produtos intermédios. As empresas constituem stocks por diversos motivos: para conseguirem efectuar o seu processo produtivo sem rupturas (e, portanto, sem parar de vender), para poderem comprar de forma mais económica (constituem stocks porque, ao adquirirem lotes grandes, cada produto fica unitariamente mais barato) e para obterem ganhos quando prevêem uma subida nas cotações ou nos preços.

Pode também suceder que a empresa trabalhe por encomenda. Nesse caso, não tem necessidade de constituir stocks, uma vez que apenas produz como resposta a encomendas específicas dos seus clientes. A função gestão de stocks comporta actos conducentes à coordenação sem rupturas dos fornecimentos à função produção, para que esta funcione sem estrangulamentos.


A função gestão de stocks enquadra-se numa outra mais abrangente: o aprovisionamento. Este inclui, para além dos aspectos relacionados com a stockagem (armazenamento), a gestão das operações de compra e a recepção (qualitativa e quantitativa) das encomendas.

gestão de stocks. In Infopédia

0 comentários: