segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Cloud computing - O que é e como funciona?

Cloud computing - O que é e como funciona?


No passado, as aplicações informáticas que as pessoas utilizavam para ligação,comunicação e colaboração entre elas, como o e-mail, processadores de texto, calendários e folhas de cálculo, tinham de ser "instaladas" no computador. Este software ficava alojado no computador do utilizador, fazendo com que acumulasse ficheiros antigos e versões desatualizadas do software. Se entornasse um copo de água por cima do computador, ficava imediatamente sem os seus ficheiros. Além disso, era necessário atualizar constantemente os programas manualmente sempre que saía uma nova versão. Estes são alguns dos problemas que a tecnologia "cloud computing" consegue evitar.


Com a "cloud computing", as aplicações estão alojadas "na nuvem", na internet, pelo que o utilizador não precisa de software ou hardware especial para as utilizar, basta ter ligação à internet. Como resultado, pode aceder aos seus itens em qualquer local, através de qualquer dispositivo com um navegador: smartphones, netbooks ou computadores portáteis. Não tem de se procurar em saber se uma aplicação é compatível com o seu computador, nem de estar a par de atualizações e transferências. Os ficheiros estão protegidos contra derramamentos de copos de água e pode convidar pessoas para partilhar os seus ficheiros ou mantê-los privados. Se estiver a colaborar num projeto, todas as pessoas envolvidas podem trabalhar no mesmo documento sem terem de o gravar, anexar e enviar por e-mail versões atrás de versões, correndo o risco de perder atualizações importantes.
A nível pessoal, esta tecnologia pode tornar as tarefas do dia a dia mais simples e rápidas: imagine como será preparar um casamento e conseguir aceder à lista de convidados, ao orçamento e a outras informações importantes, tanto no escritório como em casa, conseguir partilhar tudo com o noivo ou a noiva e com a sua família, para recolher opiniões e partilhar tarefas de planeamento. Para as empresas, sejam de pequena ou grande dimensão, a "cloud computing" reduz custos ao eliminar a necessidade de adquirir e manter software por cada computador em uso, permitindo, paralelamente, que os colaboradores se tornem mais produtivos.
Tudo isto é possível porque as aplicações e os dados a elas associados estão armazenados nos computadores da Google e não no disco rígido do computador do utilizador ou em servidores mantidos pela empresa. A google guarda cópias ativas dos dados do utilizador em vários servidores e em várias localizações, para evitar tempos de inatividade programados, bem como garantir a proteção dos dados e a criação de cópias de segurança dos mesmos.
fonte: google

1 comentários:

A Cisco anunciou que o Millennium bcp implantou, com o contributo da PT, uma plataforma de cloud privada assente na arquitectura Cisco Cloud Computing. O operador colaborou com o fabricante no planeamento e construção da infra-estrutura subjacente ao cloud computing, baseada num novo centro de dados.
Um dos objectivos do projecto foi optimizar a utilização de recursos para o suporte do desenvolvimento de aplicações. A instituição financeira vai procurar também simplificar a gestão do centro de dados e reduzir simultaneamente o custo total de propriedade, segundo um comunicado.

Mas de acordo com o mesmo documento o factor determinante para este novo modelo foi a necessidade de renovar um conjunto significativo de equipamentos. “Já não respondiam às necessidades tecnológicas”, e ao mesmo tempo “não estavam a ser utilizados na sua capacidade máxima”.

A área de desenvolvimento aplicacional abrangida por este projecto é responsável, diz o fabricante, por várias aplicações de negócio que suportam serviços do banco. A adopção da plataforma de cloud computing permitirá à instituição, colocar no mercado novos serviços de uma forma mais rápida e eficiente, espera os intervenientes.
A arquitectura da plataforma possibilita ao Millennium bcp vai utilizar a plataforma de cloud em modelo de IaaS (Infrastructure as a Service). Todo o hardware necessário para desenvolver novos projectos e serviços baseados em plataformas de sistemas distribuídos será fornecido pela Portugal Telecom, segundo o comunicado.

A equipa de desenvolvimento do vai ser capaz de utilizar o modelo de IaaS para cada nova aplicação. “Com esta abordagem vão utilizar hardware e software standardizado e pré-negociado, sem a necessidade de recorrer ao departamento de compras para cada processo individual”, explica o comunicado. Segundo a Cisco, o novo modelo garante ao Banco a possibilidade de implantar um modelo de self-service no qual os utilizadores podem adicionar capacidade de armazenamento.

“Esperamos modificar alguns dos princípios básicos da nossa organização. Acreditamos que este passo vai servir como um teste para a optimização das operações, trazendo mais agilidade e flexibilidade ao banco e, simultaneamente, ajudando no controle dos custos. O modelo permitirá também libertar os recursos humanos internos dos procedimentos de rotina, permitindo aos colaboradores do Millennium bcp focarem-se no core business.”

http://www.computerworld.com.pt/2011/11/03/millennium-bcp-adopta-cloud-para-desenvolvimento-de-aplicacoes/?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter