quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Natureza e importância da distribuição e logística de marketing


A distribuição e/ou logísica de marketing envolve planear, implementar e controlar os fluxos de materiais, bens de consumo final e informação relativa a pontos de origem e pontos de consumo, permitindo assim conhecer melhor o que o consumidor quer. Em resumo, envolve colocar o produto certo para o consumidor certo no lugar certo no tempo certo.

Assim o trabalho do gestor de logística consiste em coordenar todo o sistema de distribuição desenvolvendo actividades como previsão, compra, planear toda a produção, processar ordens (compra e venda), realizar inventários desenvolver planos de armazenamento e transporte.

As empresas colocam grande enfâse na logística devido a:

A satisfação e o serviço ao cosumidor são a finalidade de todo o plano de marketing. As empresas tentam manter o maior número de consumidores oferecendo-lhes entregas rápidas, o melhor serviço ou preços mais baixos e para isto contam com uma logística eficiente.

A logística constitui o maior custo da maioria das empresas. Más decisões logísticas resultam em custos superiores ao mesmo tempo que aumentos de eficiência provocam baixas de custos, tanto para a companhia como para os seus clientes.

A explosão de uma grande variedade de produtos faz com que a logística tenha cada vez mais importância.

O aumento das tecnologias da informação permitiu criar oportunidades de ganhos em eficiência. O aumento do uso de computadores, de terminais de ponto de venda, codigos de produtos uniformizados, etc permitiu às empresas criar sistemas avançados de controlo de inventário, de processamento de ordens, de rotas de transporte, entre outros.

Empresas - Como gerir uma crise - Parte I

Para gerir uma crise, é necessário ter em conta:

Usar o bom senso deve ser a principal regra a seguir, independentemente dos públicos e tendo em consideração o longo prazo.


Reunir toda a informação disponível, ou seja, compilar todos os dados sobre o assunto que provocou a crise e convocar de imediato o Gabinete de Crise e Gabinete de Apoio (se existirem, se não souber como os deve formar, em breve irei explicar num artigo).


Informar e atender têm de ser duas prioridades bem entendidas, se a empresa se tentar colocar na posição dos meios de comunicação social. Devem atender os órgãos de comunicação social, independentemente da informação disponível, ou seja, para evitar rumores e especulações, a empresa deve comunicar toda a informação possivel e quanto mais rápido melhor. Devem ter sempre presente que a opinião pública pode interpretar o silêncio da empresa como prova de culpabilidade.


Ter em consideração os horários dos jornalistas, ou seja, saber as horas de encerramento das redacções, para garantir uma boa gestão da informação.


Definir mensagens e públicos alvo para preparar a argumentação, considerando cada um deles tendo como base uma mensagem central


Nomear um porta-voz e um responsável para cada público-alvo.


Ensaiar os argumentos porque, quanto mais preparados estiverem, com maior espontaneidade lhe sairá o discurso (ser espontâneo dá trabalho)


fonte: gestão de crise

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Marketing Viral - Técnica Hotsite



Um hotsite é um ambiente para divulgação de um produto específico, ou seja, o hotsite deve ser focado, não pode ser tratado como uma forma de divulgação de vários produtos.
Um hotsite, na verdade, deve conter um único produto ou serviço, em que o principal objectivo é: não dividir a atenção do cliente com outros assuntos relacionados. Faça um hotsite motivador, pois é neste momento que você vai ganhar a atenção.

Ter um diferencial é a alma do negócio. Tente trabalhar com o conceito de que o seu produto é único e deve ser tratado como um rei; o diferencial é o que fará o trabalho de transmissão do vírus.

Hoje em dia, a internet é essencialmente dinâmica e a acção de abrir um site e fechá-lo do browser é constante. Logo, o objectivo do marketing viral é ir além.

Mais do que o cliente permanecer com o site aberto, ele deve divulgar o endereço, seja colocando o link no seu “delicious”, que envie um e-mail para divulgar o site ou por worth-of-mouth (boca-a-boca).

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Marketing Viral - O que é e como se faz



É um clássico dizer que um cliente satisfeito com um produto, ou serviço, divulgará incondicionalmente o seu sentimento para pelo menos três pessoas; já, em situação adversa, um cliente insatisfeito divulgará o seu desagradado para umas 10, 20 ou até 30 pessoas, e isto é uma hipótese optimista. Vale a pena lembrar que nunca se tem uma segunda hipótese de ter uma primeira impressão, e que, quem não tem tempo para pensar não tem tempo para ganhar dinheiro.

O marketing viral é uma forma de obter retorno financeiro directo, e a melhor parte, quase de graça, pois este vírus é uma técnica que tenta explorar redes sociais preexistentes para produzir aumentos exponenciais no conhecimento da marca, como se fosse uma epidemia. Logo, é preciso ter um vírus de ideia que na verdade é uma ideia que se propaga no mundo da moda.

Estratégias de marketing viral

Para se obter sucesso numa campanha, usando as técnicas de marketing viral, é importante entender quem é o público-alvo ou target primário. Na verdade, o target primário são aquelas pessoas formadoras de opiniões, pessoas que influenciam outras pessoas. As técnicas de marketing viral são muitas e o conceito é amplo.

Mas, iremos nos concentrar em 3 destas técnicas:

. E-mail Marketing;
. Hotsite;
. Vídeos.

Mas como se utiliza estas 3 técnicas? É o que se irá explicar nos próximos dias, não deixe de ler...

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Poupe dinheiro com compras na Net

Poupe dinheiro com compras à distância de um ‘click’

Enfrentar filas de trânsito, gastar gasolina, encarar uma fila interminável nas caixas apenas com o objectivo de fazer o pagamento. Mais do que uma diversão, ir às compras pode, muitas vezes, tornar-se numa verdadeira dor de cabeça. Com o Natal à porta, o frenesim das compras aumenta à mesma velocidade que o dinheiro da carteira diminui. A solução para quem quer fazer compras, evitando o ‘stress' inerente e conseguindo poupar uma quantia considerável de euros, está à distância de um ‘click'. Utilizar a internet para fazer compras deixou de ser um "bicho de sete cabeças" e é já uma prática comum.

Além do aproximar da quadra natalícia, esta é também a altura ideal para comprar produtos em ‘sites' internacionais, beneficiando do enfraquecimento que o dólar regista face ao euro. O DiárioEconómico construiu um cabaz de compras idêntico em dólares e em euros, composto por um iPhone de 32GB desbloqueado, uma PlayStation 3 de 120GB, um jogo ‘Modern Warfare 2' e o livro ‘Osímbolo perdido' de Dan Brown. Contas feitas, a factura com os produtos adquiridos em ‘sites' internacionais revelou-se 870 euros mais barata. Se uma PlayStation 3 está à venda em Portugal por 399 euros, num ‘site' internacional é possível adquiri-la por menos de metade do preço: 170 euros.

Um dos conselhos mais importantes para gastar menos é visitar muitos ‘sites' e comparar preços. Uma tarefa hercúlea de fazer na vida real mas possível no mundo virtual. A somar a isto, a internet dá-lhe acesso a inúmeras multinacionais como o famoso ‘site' de leilões eBay, ou a Amazon, que graças ao seu modelo de negócio apresentam geralmente preços mais em conta. Poder adquirir um produto a qualquer hora do dia, a ausência de pressão nas compras, poupar tempo e até o anonimato são algumas das vantagens que as compras na internet oferecem. No entanto, nem tudo é um mar de rosas. Esperar alguns dias pela chegada do produto, a disponibilidade do mesmo ou as despesas de envio são alguns dos entraves que terá de enfrentar.

Ainda assim, a iniciação às compras online é um processo simples e eficaz, mesmo para os consumidores mais receosos e avessos às novas tecnologias. Ter uma conta bancária que permita fazer compras internacionais e aderir a um serviço como o MBNet ou Paylpal são as ferramentas necessárias para receber em casa tudo aquilo que quiser sem o mínimo de esforço. No entanto, são várias as dicas a ter em atenção para não ser enganado.

Certifique-se que o ‘site' escolhido se encontra bem identificado e leia, mesmo que demore uma eternidade, as condições gerais de venda. Na altura da comprar, verifique se a informação que inseriu está correcta - evitando a duplicação de encomendas - utilize o pagamento electrónico e verifique qual o destino dado aos dados pessoais enviados. Por último, mas não menos importante, guarde sempre todas as informações relativas à compra, poderão servir de comprovativos caso surja alguma dificuldade futura. Seguindo à risca todas as dicas e conselhos será possível comprar no virtual e poupar no real.

Fonte:
http://economico.sapo.pt/noticias/poupe-dinheiro-com-compras-a-distancia-de-um-click_74840.html


Dicas de bons sites para as suas compras este Natal:

Vinhos e Espirituosos: http://www.estadoliquido.pt/

Flores: http://www.florflor.pt/

Informática, som, video:
http://www.pixmania.com/

Roupas:
http://www.laredoute.pt/

Brinquedos:
http://www.eurekakids.net/

As 100 Melhores Dicas De Vendas

As 100 Melhores Dicas De Vendas

As 100 Melhores Dicas de Vendas

  1. Estabeleça por escrito seus objetivos em vendas;
  2. Você vai precisar de bons motivos: quais são seus sonhos?
  3. Conheça bem o seu produto ou serviço e empresa;
  4. Mantenha-se informado e atualizado, especialmente sobre o mercado que atua;
  5. Prepare-se antes de cada venda;
  6. Saiba sua taxa de conversão, registre os números de seu desempenho e avalie constantemente seus resultados;
  7. Invista em seu marketing pessoal;
  8. Cuide bem e verifique constantemente todos os materiais e recursos que precisará durante a venda;
  9. Organize-se: mesa, arquivos, cartões, mailings, pastas, relatórios, carro, etc;
  10. Planeje seu tempo e mantenha uma lista de prioridades diárias e uma agenda semanal;
  11. Trate seu cliente pelo nome, isso vai fazer uma grande diferença;
  12. Olhe nos olhos do seu cliente sempre;
  13. Demonstre alegria verdadeira e satisfação em atender seu cliente;
  14. Durante o discurso de vendas, preste atenção na reação do cliente;
  15. Tenha um discurso de vendas baseado na verdade. Fale sempre a verdade;
  16. Cumpra o que prometer;
  17. Estabeleça uma relação de confiança com seu cliente;
  18. Ouça com atenção o seu cliente, nunca o interrompa;
  19. Entenda verdadeiramente as necessidades do cliente;
  20. Saiba perguntar. Elabore perguntas inteligentes baseadas no seu roteiro de vendas;
  21. Ao invés de vender ao seu cliente, ajude-o a comprar;
  22. Procure falar em um ritmo agradável e similar ao seu cliente;
  23. Estabeleça acompanhamento constante, agregando valor ao cliente;
  24. Faça com que seu cliente sinta-se especial e valorizado;
  25. Ofereça e deixe claras as vantagens para seus clientes;
  26. Cada pessoa tem uma personalidade singular e características diferentes, entenda-as;
  27. Ofereça amostras grátis e ou demonstrações parciais de seu produto ou serviço;
  28. Efetive parcerias estratégicas que possibilitem prospectar e vender mais;
  29. Comece o dia com mensagens positivas e criando quadros mentais dos resultados que espera obter;
  30. Termine o dia com mensagens positivas e reveja quais os pontos que precisa melhorar;
  31. Tenha sempre programado um horário para seu lazer, especialmente com seus familiares;
  32. Mantenha sua rede de contatos ativa;
  33. Lembre-se que a maioria das vendas ocorre por fatores emocionais;
  34. Leia ao menos um livro inspirador ou de vendas por mês (no mínimo);
  35. Aprimore-se sempre, participando, mesmo que por conta própria de palestras de vendas, cursos e treinamentos;
  36. Esteja completamente familiarizado com os benefícios e vantagens de seu produto ou serviço;
  37. Desenvolva uma comunicação elegante, assertiva e inspiradora;
  38. Quando o cliente tiver uma objeção, ouça até o fim, concorde com ela e somente depois argumente de forma inteligente e precisa;
  39. Acostume-se com o “não”. Não se deixe abalar. Cada “não”, te leva mais próximo do “sim”;
  40. Selecione e saiba priorizar seus melhores clientes;
  41. Diferencie-se sempre. Pergunte-se “O que tenho feito para ser diferente?”
  42. Desenvolva estratégias para surpreender e encantar seus clientes;
  43. Procure estratégias para fidelizar seus clientes;
  44. Por qual motivo conceder desconto se o cliente não pediu?
  45. Trabalhe o preço “cheio” na mente do cliente durante um tempo antes de conceder desconto;
  46. Use a palavra “mais” ao falar dos benefícios e vantagens (ela soma) e cuidado ao usar a palavra “mas”, ela subtrai;
  47. Toda venda tem um tempo, aprenda a respeitar e entender este tempo não sendo incisivo demais;
  48. Porém, crie sempre o senso de urgência com inteligência;
  49. Explique objetivamente as dúvidas de seu cliente, nunca as ignore;
  50. Tome cuidado para não invadir a privacidade do cliente;
  51. Lembre-se que o seu cliente é um ser humano e não apenas um cifrão;
  52. Faça um elogio sincero antes da venda;
  53. Mantenha uma atitude mental positiva, antes, durante e depois da venda;
  54. Desenvolva e aprimore sua comunicação, sempre, sempre, sempre;
  55. Saiba que o corpo fala mais do que a voz e não mente, preste atenção aos sinais do corpo durante a venda;
  56. Convide seus clientes ou prospectos para um almoço ou café, o ambiente vai ficar mais leve;
  57. Em assuntos polêmicos, procure não se expor;
  58. Use estas palavras em seu discurso de vendas: garantido, rápido, fácil, simples, retorno, importante, novidade, exclusivo, importante, você e seu;
  59. Use depoimentos de clientes satisfeitos para mostrar ao seu cliente;
  60. Use métricas, números, embasamentos e pesquisas para gerar confiança;
  61. Use a internet a seu favor, de forma criativa e despertando a curiosidade das pessoas para que elas perguntem mais sobre o que você vende;
  62. Conheça a pirâmide de Maslow e venda mais;
  63. Muito cuidado ao utilizar as palavras “sempre” e “nunca” em vendas;
  64. Nunca espere o retorno do cliente, esta função é do profissional de vendas;
  65. Esteja disponível para seu cliente e se não estiver, retorne o mais rápido possível;
  66. Se questionado sobre a concorrência, forneça informações precisas mostrando e comparando as vantagens. Nunca fale mal da concorrência, apenas mostre no que você é melhor;
  67. Comprometa-se com os resultados dos seus clientes, fazendo um pós venda eficaz;
  68. Seja parceiro do seu cliente;
  69. Coloque-se no lugar do seu cliente: você aprovaria o que fala e faz?
  70. Não convença seu cliente, inspire-o; (Inspirar vem do latim, que significa soprar vida dentro);
  71. Um bom discurso fecha a venda por si mesmo. Evite técnicas de fechamentos “milagrosas”;
  72. Interesse-se genuinamente pelas pessoas e suas necessidades;
  73. Tenha foco. Foco é força, distração é destruição. Aonde vai seu foco, vai a sua energia;
  74. Mantenha um bom relacionamento com as pessoas de outros departamentos de sua empresa, você irá precisar deles, tudo e todos estão interligados;
  75. Ao final de cada apresentação de vendas, faça uma análise dos pontos fortes e dos pontos a serem melhorados e faça a lição de casa;
  76. Crie métodos para desenvolver sua paciência;
  77. Evite preocupações, elas roubam seu tempo, energia e criatividade;
  78. Aproveite o tempo de espera, tenha sempre em mãos um livro ou revista construtivos;
  79. Não deixe se intimidar pelo ceticismo, pessimismo e cinismo alheio. Você é muito mais do que isso;
  80. Aprenda a visualizar aquilo que quer de maneira consistente, sistemática e muito positiva;
  81. Sempre que tiver um problema, condicione-se a pensar em diversas soluções possíveis, por mais esdrúxulas que possam parecer;
  82. Ao invés de reclamar, seja pró ativo;
  83. Pressão em vendas geralmente é um fator normal, portanto acostume-se;
  84. Desenvolva sua flexibilidade, em vendas e na vida;
  85. Modele profissionais de vendas de sucesso, mas sem perder o seu próprio e único estilo;
  86. Procrastinar é um hábito sinônimo de fracasso, vale o dito popular: “Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje”;
  87. Compartilhe suas experiências e ouça com atenção as histórias de outros profissionais de vendas;
  88. Identifique o que impede seu sucesso em vendas, procure vivenciar estes fatores, decida e resolva ser o profissional de vendas que sempre desejou;
  89. Desenvolva maneiras de gerenciar melhor suas emoções (vale yoga, meditação e por ai vai);
  90. Eduque-se financeiramente: gaste menos do que ganha, poupe e aplique;
  91. Fazer o bem é sempre um ótimo negócio, portanto, procure beneficiar todos ao seu redor, especialmente seus clientes e prospectos;
  92. Adquira o hábito de agradecer, faça uma lista de tudo aquilo (e aqueles) que você é grato;
  93. Compreenda que não existe milagre em vendas: é necessário esforço diário, determinação com constância de propósito e muito trabalho;
  94. Seja honesto sempre. Este será o alicerce para o sucesso em vendas duradouro;
  95. Busque estar comprometido de corpo em alma com tudo o que fizer;
  96. Lapide seu espírito: reconcilie-se firmemente com sua fé, ore, medite;
  97. Acredite em você! Você pode fazer o difícil, você pode ser o seu melhor!
  98. Comemore suas vitórias, faça um programa diferente com a família ou amigos, dê-se um prêmio, permita-se a uma extravagância;
  99. Atitude é tudo. Pensar é fazer, portanto, faça. Come agora mesmo!
  100. Tenha uma convicção inabalável de que irá conseguir e que merece o sucesso em vendas, pois você realmente merece!

E óptimas vendas!!!

www.tecnicasdevendas.com.br

*Allynson Lymer é Palestrante de Vendas e Treinador Comportamental, Trainer e Master Practitioner em PNL com 15 anos de vivência na área comercial, Especialista em Técnicas de Vendas Comportamentais e Head Trainer do Programa IMPACTO em VENDAS da Organização Lymer & Associados.

Perfil o autor:

Allynson Lymer é Palestrante de Vendas e Treinador Comportamental. Empresário e Diretor Executivo da Lymer & Associados.Formação como Trainer e Master Practitioner em Programação Neurolinguística (Actius - Centro de FOrmação em PNL), tem 15 anos de experiência prática em vendas, é especialista em técnicas de vendas comportamentais e Head Trainer do Programa IMPACTO em VENDAS.

Fonte Artigos - Artigonal.com - http://www.artigonal.com/vendas-artigos/as-100-melhores-dicas-de-vendas-1077205.html