sexta-feira, 31 de julho de 2009

Recursos Humanos – Escolha como nunca

Com a economia e a recessão, entre outros factores, nos dias de hoje nunca houve tantos recursos humanos á disposição das empresas. Mas, se existem mais profissionais que podem de facto ser uma mais valia para a empresa, também existem mais “pesos-mortos”.

Eu sou da opinião de que se deve sempre dar um tempo de experiência aos novos colaboradores (1 mês), e durante este tempo, fazer de facto uma pressão e exigir o melhor deste colaborador, além de nos garantir que será uma mais valia, esse colaborador fica com a fasquia muito elevado a nivel de “produção”, porque terá de sempre e no minimo de produzir o mesmo que no primeiro mês.

Outro conselho que dou, é o de NÃO colocar o curriculum vitae à frente de tudo e este ser por si só um factor de eliminação do potencial colaborador. Nos dias de hoje existem muitos profissionais das mais variadas àreas, que não conseguem um lugar numa empresa onde possam desempenhar as funções “naturais”, mas não invalida que se revelem excelentes profissionais noutras àreas, podendo mesmo descobrirem a sua vocação natural.

São raras as pessoas que desempenham as funções para as quais têm vocação natural, desempenham essas funções, porque dá mais dinheiro, porque calhou tirar esse curso, porque é um emprego “fixe”, etc…

Você, tem vocação natural para o que faz?

De certeza? Pense, bem.

Porque não faz o que tem vocação natural? Se o “mundo” permitisse e principalmente a “vaidade e ganância” entre outros das pessoas, o mundo seria, bem mais rico.

Fonte: Paulo Gomes (para oferta da trabalho, clique).

0 comentários: