quarta-feira, 16 de julho de 2008

Serviços de suporte do produto - Final


Tendências dos Canais

Actualmente as empresas adoptaram o conceito de gestão integrada da logística. É um conceito de logística que reconhece a necessidade de uma empresa integrar no seu sistema de logística os seus fornecedores e clientes. O objectivo é maximizar a performance de todo o sistema de distribuição. Dentro da empresa todos os departamentos devem trabalhar em conjunto para maximizar a performance da empresa em termos de logística. Como sabemos a empresa é constituída por diversos departamentos, em que cada um tem os seus próprios objectivos, esquecendo-se por vezes dos outros departamentos. Deste modo, a empresa deve harmonizar as decisões, em termos de logística, de todos os departamentos.


No exterior, a empresa deve integrar todo o sistema com os seus fornecedores e os seus clientes, aqui também para maximizar a performance da empresa em termos de logística. Nunca esquecer que um sistema de distribuição de uma empresa é o sistema de fornecimento de uma outra empresa, pelo que o sucesso da logística passa pela performance de todo o canal de distribuição. Para que isto aconteça as empresas actualmente estão a realizar acordos entre si para a área da logística.


Algumas criaram comités inter-empresas de modo a harmonizar todo o sistema de distribuição. Outras realizaram projectos partilhados. Através das tecnologias da informação ligaram fornecedores e clientes e partilham informação acerca dos consumidores. Outras empresas há que entregaram esta tarefa da logística a terceiros já que estes são altamente especializados e conseguem fazer de uma forma mais eficiente e com custos mais baixos, permitindo que as empresas tenham mais tempo para se dedicarem ao seu core business.


Tendências do retalho

Os retalhistas actuam num ambiente de mudanças rápidas, que oferece tantas oportunidades como ameaças. Demografia, estilos de vida e modelos de centros comerciais estão a mudar constantemente, assim como as tecnologias de retalho. Para se ter sucesso é necessário que os retalhistas escolham cuidadosamente os segmentos alvos e devem posicionar-se fortemente. Vejamos algumas das estratégias que os retalhistas devem de ter.


1 - Novas formas de retalho

Retalho de rotação – conceito de retalho que começa com margens baixas, preços baixos, operações de baixo valor e que mais tarde se vai tornando em retalho com preços elevados, operações de valor elevado.

Acordos de retalho – é um fenómeno que descreve como os retalhistas classificam os produtos ou operações ao longo do tempo: tende a ser um geral – específico – geral ciclo. Por vezes, é possível que o negócio de retalho se desenvolva como um específico – geral – específico ciclo.


2 - Crescimento do retalho sem loja

Actualmente os retalhistas já não têm que ter necessariamente uma loja. Podem vender através de telefone, televisão, internet.


3 - Aumentar a competição entre tipos

Os retalhistas enfrentam concorrência de diferentes tipos de retalhistas. Por exemplo o CD, que pode ser comprado em lojas da especialidade, em lojas de electrónica, em websites, etc...


4 - Aumento dos mega retalhistas

Aumento das lojas de merchandising em massa e de lojas especializadas, a formação de sistemas de marketing verticais e alianças de compras, bem como um rasgo de fusões a aquisições entre retalhistas criou um conjunto de mega retalhistas com bastante poder. Estes gigantes do retalho possui potentes sistemas de informação e conseguem oferecer os melhores produtos aos melhores preços.


5 - Aumento da importância das tecnologias da informação no retalho

As tecnologias de retalho são uma ferramenta cada vez mais importante. Os retalhistas usam cada vez mais os computadores para produzir mais e melhores controlos de inventário, encomendas feitas electronicamente directamente aos fornecedores, enviar e-mails entre as lojas, etc. Todas estas tecnologias permitiram diminuir custos e prestar um serviço melhor ao cliente, e tudo de uma forma mais eficiente. A chave para o sucesso passa por uma resposta eficiente ao consumidor, permitindo reduzir os tempos de fornecimento e ao mesmo tempo trabalhar em conjunto com os fornecedores para entregar os bens que os consumidores querem.


6 - Expansão dos retalhistas a nível global

Retalhistas que possuem um único formato e uma marca forte estão a mudar-se para outros países. Alguns expandem-se para outros mercados para fugirem ao mercado doméstico que se encontra numa fase de maturação e saturação.


Tendências no mercado grossista

Os grossistas procuram as melhores formas para conhecerem as constantes mudanças das necessidades dos seus fornecedores e consumidores alvo. Eles reconhecem que, no longo prazo, a sua razão da existência passa única e exclusivamente por acrescentar valor aumentando a eficiência de todo o canal de marketing. Para atingirem este objectivo, os grossistas devem constantemente melhorar os seus serviços e reduzir os seus custos.


Tal como os retalhistas, também os grossistas sentem a necessidade de se expandirem para outros países, já que o mercado doméstico se encontra esgotado. Esta expansão está assim a criar novos desafios à indústria grossista de todo o mundo. Para sobreviverem os grossistas devem de se adaptar à ao ambiente de constante mudança que os rodeia. Convém não esquecer que, se os clientes não realizarem uma compra nada disto acontece, e convém também que estes clientes gostem do serviço e regressem para repetir a compra.



0 comentários: