quarta-feira, 2 de julho de 2008

Artigo "Para competir" - Resposta

Resposta á nossa leitora Sónia Tavares, sobre o artigo "Para competir" (ler o artigo)

Pergunta:
"Gostei muito deste artigo, gostava se possível é que explicasse como se pode fazer um mapa da concorrência de uma forma económica e pela internet, é possível?"

Resposta:
Estimada Sónia,
Antes de mais agradeço o interesse que manifestou no artigo, que considero de extrema importância a aplicação desta metodologia em qualquer empresa. Aconselho a utilização de um mapa de concorrência diário, semanal, quinzenal ou mensal, depende do negócio a que nos estejamos a referir.

O importante aqui transmitir é que as empresas ou responsáveis comerciais/gestores de produto estejam ao concorrente do que a concorrência está a fazer naquele momento. Para tal é preciso fazer pesquisa de mercado activa, estar constantemente "em cima" da concorrência! É necessário saber o que fizeram ontem, o que estão a fazer hoje e o que vão fazer amanhã! Este método é bastante importante para que todas as estratégias comerciais adoptadas estejam concorrentes com a própria concorrência.

E a melhor forma de fazer este pesquisa é passar-se por cliente. Peça informações, troque ideias, negoceie, estude e explore ao máximo. Sinta quais são as facilidades, prós e contras.
Vai ver que esta, é sem dúvida, a melhor forma de saber o estado da concorrência. Isto porque vai sentir "na pele" as facilidades e dificuldades em adquirir determinado produto ou serviço.
Pese todos esses factores, os que gostou e os que não gostou, deline-os comercialmente, torne-os concorrentes e aplique-os na estratégia comercial da sua empresa.

E como solicita (e pessoalmente utilizo muito esta forma) pode fazê-lo de uma forma económica e pela internet, pesquisando e analisando as empresas que disponibilizam site e trocar emails, evitando os elevados custo dos contactos telefónicos (hoje em dia minimizados com a internet, onde tudo se encontra ao nosso alcance e apenas temos de empregar os seus benefícios de uma de forma prática e inteligente).

Outro conselho que lhe deixo para analisar a concorrência é trocar impressões com clientes das empresas concorrentes. É uma opinião neutra, se gostam demonstram que estão super satisfeitos, se não gostam não vão parar de falar mal até você cansar-se de os ouvir. Capte todo esse feedback, trabalhe-o e aplique-o na vossa estratégia para que não se reflicta na sua empresa e garanta o máximo de clientes satisfeitos!

Posto isto, crie o seu próprio mapa (de livre construção) e encha as paredes do seu escritório. Façam reuniões, analisem, troquem ideias, estabeleçam objectivos, antecipem-se, sejam melhores, sejam inovadores! E vendam muito. Não se cansem de vender! Bons negócios!



Resposta pelo colega: Francisco Andrade

0 comentários: